domingo, fevereiro 06, 2011

S.O.S Tartaruga. Absurdo nas Praias de Preá e Jericoacoara!

Tartarugas


Ela tem a fama de andar bem devagar...
Com certeza, você já deve ter visto uma delas por aí, aliás, são mais de 300 espécies de tartarugas, que podem ser encontradas tanto na terra quanto no mar. Isso mesmo!
Mas você sabe a diferença entre a tartaruga terrestre, a marinha e a aquática? Não?! Então, conheça a seguir:

Jabuti:

Também conhecida como tartaruga terrestre, o jabuti é onívoro; por isso, come frutas doces, verduras, legumes e, ainda, animais mortos.
Ele não possui dentes. Em vez disso, tem um maxilar com bordas cortantes ou afiadas. Suas patas são grossas e mais parecem réplicas das patas de elefantes.
Uma das principais características do jabuti é o seu casco, que é côncavo e arcado. A pele escura e acinzentada dá um belo contraste com a cabeça, que é de cor vermelha.
A fêmea coloca de 1 a 15 ovos em um ninho escavado na terra, e o filhote nasce após 5 a 10 meses, com 4cm a 5cm de comprimento.

Tartaruga marinha:


No Brasil, as tartarugas são aquelas que vivem no mar.
Suas nadadeiras compridas são como se fossem remos, para facilitar sua vida em seu habitat. Ela vive nos oceanos, em áreas tropicais e subtropicais.
Existem sete espécies de tartarugas marinhas: a tartaruga-verde, tartaruga-cabeçuda, tartaruga-oliva, tartaruga-de-pente, tartaruga-de-kemp, tartaruga-de-couro, e natator depressus.
Elas se alimentam, principalmente, de medusas, camarões, esponjas e águas-vivas. Dependendo da espécie, as tartarugas podem variar da cor marrom à verde.
A maior espécie de tartaruga marinha é conhecida como tartaruga-de-couro, mas seu nome científico é Dermochelys coriacea, podendo atingir 2m de comprimento e 1,5m de largura e pesar 600kg.

Cágado:

Diferente da tartaruga marinha, o cágado(ou tartaruga aquática de rio) possui unhas. Ele vive nos rios e se alimenta, especialmente, de pequenos insetos, peixes e carne de animais mortos.
Ter um animal desses dentro de casa não é tão difícil! Basta ter um aquário apropriado, porque esse animal cresce. Por exemplo: quando o cágado é filhote, ele pode caber dentro de um aquério de 5l. Mas, se tiver dois ou três meses, o ideal é que o aquário seja cinco vezes maior do que o comprimento do animal e três vezes maior do que a largura dele.
Quando criado em cativeiro, o cágado come carne picada, ração para tartaruga ou vegetais como repohlo, cenoura ralada e almeirão, além de casca de ovo, por causa do cálcio(que fortifica o seu casco) e peixes ou plantas de aquário, que ele aprecia muito!
No inverno, esse réptil hiberna, e, no verão, ele cresce. As placas do casco do cágado se soltam, e outra nasce no lugar. Seu tempo de vida pode variar até 70 anos.

Você sabia...

Que os jabutis podem levar 5h para percorrer 1,5km, sem pressa?
Que os recipientes com água e comida devem ser lavado diariamente. Além disso, as fezes têm de ser retiradas pelo menos duas vezes por semana, senão, o jabuti poderá comê-las?
Que o cágado possui impressões digitais na carapaça? Assim, aqueles lindos desenhos não se repetem de uma tartaruga para a outra. Desse jeito, fica fácil identificar diferentes indivíduos.

S.O.S. Tartarugas:
Já imaginou se algum dia as tartarugas marinhas fossem extintas?
Isso realmente seria terrível, não é? Pensando na proteção delas, o Projeto Tamar foi criado há 20 anos.
O objetivo era este mesmo: proteger as tartarugas marinhas! E, ao que parece, o projeto tem obtido resultado, porque já são mais de 4 milhões de tartarugas salvas.
O nome Tamar é fruto da junção das palavras tartaruga marinha. Atualmente, o trabalho conta com a participação de empresas e instituições nacionais e internacionais, além de organizações não governamentais.
Se você quiser conhecer mais sobre o projeto tamar, acesse o site http://www.tamar.org.br/
Aqui já é Jericoacoara, todos os dias pode-se ver cenas iguais a essa, causadas por atos de pescadores e cidadões que deixam lixo na praia.

A  secretária de Turismo e Meio Ambiente de Jijoca de Jericoacoara Juntamente com  a Secretaria de Turismo de Cruz deveriam fazer ações de consiêntizações para pescadores e população, afim de juntos tentar diminuir atos desta natureza, ja que acontece dentro dos dois Municipío.

Linda paisagem, mais fere nossos olhos vermos Tartarugas mortas ao longo da praia e ninguém fazer nada! 

Nenhum comentário: