sexta-feira, maio 27, 2011

campanha de combate ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes

CRAS realiza campanha de combate ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes

 
Desde 2000, o Brasil instituiu pela Lei 9.970, a data 18 de Maio como Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
Vale ressaltar a diferença entre abuso e exploração sexual. O Abuso se caracteriza pela utilização da criança ou adolescente em uma relação de poder desigual, geralmente por pessoas próximas, sendo membro da família ou não, e que se aproveitam dessa relação de poder e de confiança sobre o menino ou menina para satisfazer seus desejos sexuais. Já a exploração é definida pela utilização sexual de crianças ou adolescentes com fins comerciais e de lucro. Isso acontece quando meninos e meninas são induzidos a manter relações sexuais com adultos ou adolescentes mais velhos, quando são usados para produção de material pornográfico ou levados para outras cidades , estados ou países com propósitos sexuais.
De acordo com as estatísticas, as mais suscetíveis à violência são meninas entre 13 e 17 anos de famílias de baixa renda e o Brasil é apontado como um dos principais destinos para a prática do turismo sexual no mundo.
Com a perspectiva de avançar no processo de conscientização da população sobre a gravidade da violência sexual é que o CRAS apresenta a programação para esse dia:
08h (Manhã) – Caminhada contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes:
- O percurso será da Praça Afonso Fontes a Praça Antônio Malaquias (Praça Do Carlão). Durante o trajeto as crianças do PETI, Adolescentes do Projovem e Idosos do Grupo de Convivência levarão cartazes, faixas e distribuirão folhetos sobre o tema.
- Ao chegar na Praça Antônio Malaquias os adolescentes do Projovem farão a apresentação de um teatro abordando o tema da violência.
12:30 – Programa de Rádio na FM Comunitária 06 de Abril:
- Debate sobre o fenômeno da violência com crianças e adolescentes, com a participação de profissionais do município de Cruz-Ce: Assistente Social, Psicólogo, Professoras, Enfermeira, Advogado, Conselho Tutelar e Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.
Denunciar
As denúncias podem ser feitas pelo Disque 100 com atendimento em todo o Brasil e ao Conselho Tutelar de Cruz pelo telefone 88 9998.1516.
Vamos romper com o complô do silêncio. Denuncie!
Por: Andrea Vasconcelos (Secretaria de Ação Social)

Nenhum comentário: