domingo, julho 10, 2011

Jericoacoara agora se encontra nas mãos dos nossos Governantes! A comunidade já não manda, só obedeçe!

Jovens são sequestrados em Jericoacoara. População pede mais segurança no local

Um dos destinos turísticos mais procurados do Ceará, a praia de Jericoacoara (300 km a oeste de Fortaleza ), foi palco de assalto e sequestro de quatro jovens na duna Pôr do Sol. Moradores de Jericoacoara revoltados com a situação entregaram à Secretaria de Segurança do Estado, nesta terça-feira (5), um abaixo-assinado solicitando mais segurança no local. A praia recebe cerca de 30 mil turistas por mês.
Assalto, sequestro e estupro
A ação aconteceu na noite da última sexta-feira (1º), quando dois meninos e duas meninas, de aproximadamente 17 anos de idade, foram abordados por três homens armados de faca. Uma das vítimas escapou e foi até o posto da Polícia Militar, mas os policiais não acreditaram na história contada pelo jovem.
Os criminosos, após levarem os outros três adolescentes até um sítio próximo à duna, estupraram as duas garotas, e fugiram após perceber que um carro se aproximava.
Como a delegacia de Jijoca só funciona de segunda a quinta-feira, os jovens só puderam registrar Boletim de Ocorrência em Acaraú. As garotas foram encaminhadas a Sobral para realizarem o exame de corpo de delito. O resultado ainda não foi divulgado.

Abaixo-assinado pede mais segurança em Jeri

divider image

Por meio de um abaixo-assinado, moradores da praia de Jericoacoara estão denunciando um crime ocorrido na região no dia 1º deste mês e, ao mesmo tempo, a indignação pela conduta de policiais militares da PMTur, responsáveis pela segurança do lugar. O fato relatado no documento ocorreu por volta das 22 horas da última sexta-feira e envolveu quatro adolescentes – dois rapazes e duas meninas com idades entre 15 e 16 anos.
Conforme a denúncia, eles teriam sido “brutalmente atacados, seviciados e estuprados” por três indivíduos no lugar denominado Sítio, após terem sido raptados quando estavam na Duna Por do Sol.
Moradores revelam que policiais não deram atenção ao caso, embora um dos garotos agredidos tenha conseguido fugir e denunciado o fato. Na denúncia, moradores questionam a precária estrutura da segurança na comunidade.
Lembram que a praia é conhecida em todo o mundo, e que todo o tipo de pessoa circula pela vila. Membro da Agência de Desenvolvimento do Turismo em Jericoacoara, Oswaldo Leal é um dos organizadores do abaixo-assinado. Ele conta que o caso revoltou a comunidade, que exige providências e sobretudo uma melhor estrutura de segurança para a região.
Observando que Jericoacoara recebe cerca de 30 mil turistas por ano, Leal afirmou que é urgente a reivindicação por um policiamento melhor. Explicou que hoje o abaixo-assinado será entregue na Prefeitura e na Promotoria Pública do município de Jijoca de Jericoacoara e, posteriormente, encaminhado ao Secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, Coronel Francisco José Bezerra Rodrigues, à Secretaria de Turismo (Setur), ao gabinete do governador Cid Gomes, ao Ministério do Turismo e à Casa Civil da Presidência da República.
O POVO ouviu dois policiais militares lotados no posto da PMTur de Jericoacoara, que confirmaram a ocorrência relatada pelos moradores. Ambos disseram que era uma hora da madrugada quando foram procurados pelo rapaz que trouxe a informação. Segundo eles, na ocasião o garoto muito nervoso disse apenas que tinha sido assaltado.
Eles revelam que a informação do rapto e estupro só chegou ao conhecimento deles via rádio por volta de 1h30min, quando as vítimas já estavam sendo atendidas no hospital. Dizem que após buscas durante toda a madrugada, não localizaram os agressores.
Os militares garantiram que o caso está sob investigação, informando que há dificuldades porque não fornecem características físicas dos criminosos.
Atualmente, seis policiais da PMTur cuidam da segurança em Jeri. Eles dispõem de apenas uma viatura.

Nenhum comentário: