sexta-feira, agosto 12, 2011

Estupradores são detidos em Jeri

Um trabalho de inteligência resultou na identificação e prisão dos acusados de violentar duas adolescentes
Já estão presos os dois homens acusados de praticar assaltos contra turistas e estuprar duas adolescentes na Praia de Jericoacoara, no Litoral Oeste do Estado do Ceará (a 294Km de Fortaleza).

Depois de quase um mês de investigações sigilosas, agentes da Coordenadoria Integrada de Inteligência (Coin), da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), e do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), identificaram os acusados. Jurandir Pedro Ferreira, 28; e José Geneston de Carvalho Alexandrino, 33, tiveram prisão preventiva decretada pela Justiça a pedido da Polícia Civil.
Clique para Ampliar
Fichados
Conforme o comandante do BPTur, coronel PM John Roosevelt Alencar, os dois acusados já possuíam uma extensa ficha criminal e estavam soltos em Jericoacoara. Ambos são ex-presidiários e já responderam por delitos como assalto (roubo), furto, receptação, porte ilegal de arma, e um deles (Alexandrino) também foi processado por prática de homicídio.

O crime ocorreu no começo de julho, quando um grupo de jovens passeava pela praia, no Parque Nacional de Jericoacoara e foi atacado pelos dois bandidos armados. Um dos rapazes conseguiu correr. As duas adolescentes foram levadas pelos bandidos e sofreram violência sexual. Desde então, a Polícia Militar aumentou o policiamento naquela região do Litoral.

Representantes da comunidade praiana e do Município de Jijoca de Jericoacoara chegaram a reuniu-se, em Fortaleza, com o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Francisco José Bezerra; e com os comandos das polícias Civil e Militar pedindo mais segurança, além de relatarem a insegurança naquele setor. Por ordem de Bezerra, o policiamento foi reforçado, com mais homens do BPTur, do Batalhão Provisório de Itapipoca (9ºBPM) e da Companhia de Polícia Ambiental (CPMA), totalizando cerca de 20 homens e várias viaturas.

Preventiva
Paralelamente ao incremento do policiamento, a Coin e o Serviço Reservado do BPTur auxiliaram a equipe da Delegacia de Polícia Civil de Jijoca na investigação para identificar os estupradores e assaltantes.

A delegada de Jijoca, Rita Porto, de posse da identificação dos acusados, pediu à Justiça a decretação da prisão preventiva deles. O pedido foi deferido. Presos na última quarta-feira, eles deverão ser recambiados, hoje, para esta Capital.

Nenhum comentário: