quarta-feira, setembro 05, 2012

O CIRCO CHEGOU! TEMOS ESPETACULO? TEMOS SIM SENHOR!




Cruz. 
A Praia do Preá está em festa com a chegada do Circo Palhaço Soró, que tem sua origem na cidade de Sobral/CE, fundado há três anos, faz parte da Associação dos Proprietários e Artistas de Circos da Região Norte do Ceará - APAENCE. Estreou em Preá, dia primeiro de setembro e vai apresentar espetáculo nesta comunidade, até o dia 17 deste mês. Sempre lotado, com boas atrações, casa cheira. O horário de apresentação é de 20:30 às 22:30.clip_image002
São atrações: o palhaço Soró, o Magico Zabu, dançarinas, equilibristas, giro da morte, corda indiana, trapezistas, malabaristas e o bode Brotinho que apresenta vários números. Os ingressos custam R$ 2,00 o infantil, adulto R$ 3,00 e cadeiras R$ 4,00.
O circo sempre foi motivo de diversão nas cidades e vilas do interior. Ponto de encontro da juventude que ainda encontra no circo motivos para risos e entretenimentos, sendo o palhaço a atração principal. Em conversa com o palhaço Wilson de Lima, ele se diz feliz com a vida circense, mas enfrentam muitas dificuldades, pois a televisão tem sido grande concorrente do circo, motivo que levou grandes circos à falência. Perguntado qual a opinião que tinha sobre a presença de animais em circo, ele foi enfático: “sou contra, pois há muitos maus tratos com os animais de circo”. Outra atração do circo era os palhaços de pernas de pau que circulavam pelas ruas convidando a população para o espetáculo, mas hoje, as crianças já não mais acompanham os palhaços e a propaganda tem que ser feita em carros de som. A venda de pipocas e doces era outra atração dos circos que motivava a presença das crianças. O circo vai apresentar espetáculos em várias cidades da região do Baixo Acaraú, mas terá que se programar para não se apresentar em períodos das festas dos padroeiros, pois segundo Soró, este é um período muito ruim para o circo, pois o publico não compare e espetáculo durante o dia não tem plateia. Nem mesmo as crianças querem ir ao circo em atrações diurnas. Se o circo ainda emociona a juventude, trás grandes recordações para as pessoas de mais idade, que encontraram nos circos momentos alegres de suas vidas, geralmente ao lado da pessoa amada. As piadas de gênero, raça, cor e religião, por causa de descriminação e preconceitos previstos em Lei, tem tornado o humor mais pobre, segundo Renato Aragão. Mesmo assim, segundo o palhaço, a plateia gosta mesmo é das irreverencias do circo.
Dr. lima

Nenhum comentário: