domingo, agosto 31, 2014

3ª REUNIÃO NO CCJ PARA DISCUTIR ORGANIZAÇÃO DO TRÂNSITO EM JERICOACOARA .

Nessa quarta-feira foi feita mais uma reunião da comunidade com a prefeitura na sede do Conselho Comunitário de Jericoacoara, para discutir o assunto especifico do trânsito. Foi colocado em pauta quatro assuntos e os presentes foram debatendo.
O primeiro assunto foi ver com os presentes o que os mesmos achavam do fechamento dos becos na Vila de Jericoacoara. Todos são de acordo com exceção do beco da Vila Kalango. A solução foi fazer a retirada dos piquetes que acontecerá até terça-feira 02/09/14 depois que a prefeitura confeccionar e colocar as placas de mão única no sentido rua das dunas. Também foi apresentado o mapa do trânsito que vigorará depois de todas as ações concretizadas.
O segundo foi o debate que já foi colocado nas nossas ultimas duas reuniões que é a retirada do artigo 3º da lei 289/2010 que permite a entrada de carro de visitantes. Todos foram unânimes para retirada. O corpo jurídico da prefeitura se encontrará com a parte jurídica do CCJ para redigir o documento e depois enviar a câmara dos vereadores. Então quando essa emenda for aprovada não será mais permitida à entrada de veículos de visitante na Vila de Jericoacoara. A prefeitura manterá circulares para atender a demanda dos visitantes.
Os outros assuntos foi a questão da reativação do antigo estacionamento para ficar os bugueiros, quadricicleiros, camioneteiros, carros de moradores e motos de trabalhadores. O prefeito explicou que precisa fazer uma PPP ( parceria público privada ) com alguma associação da categoria para passar a responsabilidade. Paralelo a esse assunto, a continuação foi discutir a questão de fila única para bugueiros, pois segundo informações mais de 99% são a favor. Vimos que precisamos debater melhor.
E para finalizar foi marcado mais uma reunião somente com a categoria de bugueiros no próximo sábado para discutir melhor esses dois últimos assuntos.


Leia mais: http://www.jeri.org.br/news/a3%C2%AA-reuni%C3%A3o-no-ccj-para-discutir-organiza%C3%A7%C3%A3o-do-tr%C3%A2nsito-em-jericoacoara/

domingo, agosto 17, 2014

Você Quer Ser Feliz ? Então nunca entre para a Tim...


Estou a quase 15 dias tentando consegui meu numero de volta (88)99784100 porém estou sendo enganado por lojas e pelo auto atendimento da tim. hoje temos essa péssima prestadora de serviço , esperamos uma nova concorrente .enquanto isso não acontecer . S.O.S ...  

Janaúba (janaguba ) – Benefícios e propriedades

Da família das Apocynaceae, a janaúba possui o nome científico Himatanthus drasticus (Mart.) Plumel. Conhecida ainda como tiborna, janaguba, pau santo, raivosa, dona joana, sabéu uma, sucuúba, banana  de papagaio, angélica da mata e jasmim manga, ela pode ser encontrada em lojas de produtos naturais e alguns supermercados. A planta possui largas folhas verdes e acuminadas e flores alvas. A janaúba produz látex com diversas propriedades medicinais e costuma ser utilizada nos tratamentos de algumas enfermidades.
Janaúba
Foto: Reprodução

No que é útil?

A planta possui propriedades anti-inflamatórias, febrífugas, cicatrizantes, analgésicas, vermífugas e estimulantes. É uma excelente opção para dores musculares, luxações e inflamações em geral, reduzir a febre, aliviar e em alguns casos eliminar furúnculos e feridas, artrite, herpes, problemas do sistema digestivo (como gastrite e úlcera), eliminação de vermes e bactérias, além de ainda auxiliar no tratamento de infertilidade feminina.
Como seus benefícios são muitos, a janaúba se tornou popular no país e em algumas regiões a população busca ela para aliviar diversas enfermidades. É o caso da AIDS e de alguns tipos de câncer que, segundo a crendice popular, a planta auxilia no tratamento aliviando sintomas e evitando a proliferação das células cancerígenas no organismo. Estes últimos benefícios, no entanto, já são objetos de estudos e pesquisas, mas ainda não foram cientificamente comprovados. É importante ressaltar que se deve sempre ter certeza da utilidade de determinado medicamento – seja ele natural ou não – para não colocar a saúde em risco ou sofrer algum agravante. Embora não existam contra indicações, a janaúba só pode ser consumida mediante prescrição, orientação e acompanhamento médico, já que doses superiores a 36 gotas de seu extrato podem ser tóxicas para o fígado.

Como utilizar?

Caso você encontre numa casa de produtos naturais ou em mercados o látex da janaúba, deverá diluí-lo em água para obter seu leite. Conte 18 gotas do leite e o utilize para ser diluído em um litro de água fria. Ele estará então pronto para ser consumido de forma moderada. A recomendação é que se tome duas colheres de sopa do líquido preparado após o café da manhã, duas colheres de sopa após o almoço e mais duas colheres de sopa após o jantar. Caso perceba qualquer reação indesejada no organismo, suspenda o uso e busque imediatamente auxílio médico.