sábado, dezembro 06, 2014

Aeroporto de Jericoacoara ficará pronto em dezembro.



Aeroporto de Jeri ficará pronto em dezembro.
Cruz. O Aeroporto Internacional de Jericoacoara já está recebendo voos pontuais, numa média de dois a três por dia. Os voos são particulares, não havendo data prevista para receber os comerciais. A entrega completa do equipamento está prevista para dezembro próximo. Até agora, as pistas já estão completas e a estrutura dos terminais encontra-se com 70% concluídos. Do projeto total, cerca de 80% estão prontos.
De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Turismo do Estado, as obras no Aeroporto Internacional de Jericoacoara se encontram em finalização, como cobertura do piso, implantação do telhado metálico e outras particularidades, como a cobertura com palha, igual o do Aeroporto de Aracati.
A Secretaria de Turismo do Estado afirma que busca homologação para que o Aeroporto Internacional de Jericoacoara receba vôos comerciais.
O secretário de Turismo de Cruz, Agnaldo de Menezes, destaca que o investimento é importante para a consolidação da região como destino turístico internacional, abrangendo todas as praias e serras por perto.
"Para que o destino seja realmente consolidado, é de suma importância que haja um aeroporto até 70km de distância. Além da praia de Jericoacoara, o Preá, Camocim e Acaraú serão alguns dos destinos privilegiados com a chegada do aeroporto", afirma ele.
Agnaldo explica que, por ser alta estação, ainda não pode avaliar exatamente qual foi o impacto desses voos particulares no município, que vêm ocorrendo desde junho. "Mas a nossa expectativa é de que esse seja o marco para início de uma nova etapa de desenvolvimento em nossa cidade", aposta ele.
A pista já concluída teve investimento de R$ 47,4 milhões. Possui 2,2 mil metros de extensão e capacidade para 1.200 voos por ano. É a segunda maior pista do Estado. A escolha pelo município de Cruz foi estratégica, para o empreendimento. Deve-se à localização da praia de Jericoacoara, que é cercada pelo Parque Nacional, exigindo preservação do ambiente natural.
Com o aeroporto, a viagem entre Fortaleza e a praia mais procurada do Ceará passará de seis horas de carro para uma hora de voo. Além dos turistas, o aeroporto servirá também para o escoamento de produção agrícola da Zona Norte e da Serra da Ibiapaba, principalmente a produção agrícola e a exportação de flores e frutas para a Europa.
"O transporte aéreo é hoje o mais popular escolhido pelas empresas. Se tornou mais rápido e barato. Com a construção que liga a cidade de Viçosa do Ceará à Granja, torna esse acesso da serra ainda mais rápido para as produções daquela região", aponta Agnaldo.
O secretário de Turismo de Cruz afirma que um empreendimento desse porte vem para atender toda a região, não apenas trazendo turistas, como também servindo como alternativa para a população local que busca um meio mais rápido de chegar à Capital. Para tanto, ressalta que cada ação deve ser pensada em conjunto regional, abrangendo diversos órgãos de vários municípios. "O aeroporto servirá para Rota da Emoção, que compreende Maranhão, Piauí e Ceará. Tudo vem sendo trabalhado em parceiras", afirma ele.
Novas rotas
Para driblar as distâncias entre a sede do município, Jericoacoara, Preá e o aeroporto, o secretário explica está sendo discutida a implantação de uma linha de táxi e vans que façam o transporte entre aeroporto e sedes, além da linha para veículos com tração nas quatro rodas (4x4) que levará direto às praias.
"O assunto é discutido amplamente. Associações e cooperativas já têm se apresentado para ocupar essas linhas", adianta ele, afirmando saber da existência de diversos desafios que virão, como infraestrutura e pessoal. Uma de suas metas é trabalhar com o Turismo Sustentável e ter em cada município o Conselho de Desenvolvimento do Turismo para unificar as ações
"Outro ponto vai ser evitar a aculturação dentro da região beneficiada. Esse é um dos grandes riscos que o intenso movimento, tanto de turistas quando de pessoas que poderão chegar aqui, podem trazer", avalia.
Exploração de mão de obra infantil, prostituição e aumento no número de acidentes também foram lembrados por ele, que considera mais um desafio que pode ser vencido.
"Com definição de políticas públicas, especialização de mão de obra, conscientização da população e constante fiscalização nas áreas cobertas pela mudança, esses aspectos negativos serão evitados", aponta.
De acordo com o secretário municipal, o Aeroporto Internacional de Jericoacoara veio como uma maneira de corrigir o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)da região, apontado como o mais baixo do País.
Aracati recebe amanhã centro do Sesi e Senai para formação em Aviônica
Russas. O município de Aracati recebe amanhã o primeiro Centro Integrado Sesi-Senai, que vai fornecer de forma conjugada, educação básica e formação profissional na área de Aviônica, formando profissionais para manutenção de aeronaves.
A formação foi idealizada a partir da confirmação de que um hangar da empresa TAM se instalará no município para realização de reparos e manutenção de aviões executivos de pequeno e médio porte. Para o Superintendente do Senai-CE, Francisco das Chagas Magalhães, o hangar abre oportunidades para que esse tipo de formação seja implementada no Estado.
"A concentração dos parques de manutenção de aeronaves ficam mais concentradas no Sul e Sudeste do País. O hangar da TAM abre um novo mercado, que demanda uma mão de obra específica e, com isso, nós, em parceria com o Senai, estamos implementando o primeiro curso de educação profissional nesta área para o Estado. É um trabalho inovador", afirmou.
A partir de 2015, 40 alunos concludentes do nono ano do ensino fundamental serão selecionados para o curso, que será dividido em duas turmas. O currículo da educação articulada do Sesi/Senai combina elementos do universo do trabalho às disciplinas da educação formal.
Na escola de Aviônica, no primeiro ano, a grade curricular contempla formações em montagem mecânica, eletroeletrônica e rede de computadores. A partir do segundo ano, entram duas formações específicas em Aviônica e Células e Células e Motores. "Juntamente com a formação profissional, o ensino básico será fortalecido principalmente em disciplinas como Física e Matemática, que serão os conteúdos essenciais para o exercício da atividade", acrescentou o superintendente.
Para isso, ele conta que está sendo montado um espaço totalmente equipado para que os jovens tenham uma formação de qualidade.
"Temos motores, computadores e estamos aguardando a liberação de uma aeronave, enfim, teremos todos os equipamentos e instrumentos necessários para que eles aliem conhecimento teórico e prático, em uma formação que irá exigir muito conhecimento específico na área de manutenção de aviões", explicou.
Após a conclusão dos três anos de formação profissional, os jovens farão um ano de estágio na TAM. Segundo o superintendente, a parceria com a empresa já confirmou a intenção de contratação de alunos.
"Eles têm interesse e também já sinalizaram que, após a formação desta primeira turma, a empresa irá inserir 30 jovens no mercado de trabalho. Os que não ingressarem aqui, com certeza terão oportunidade em outras cidades, visto que esse curso é de uma alta empregabilidade", afirmou Magalhães.
A cada ano serão capacitadas duas turmas. "É uma iniciativa bastante promissora, você tem o aeroporto, tem um hangar bem projetado e agora, com essa parceria, estaremos dando ao espaço do Sesi a condição de fazer a formação desses jovens, que só imaginávamos ser possível no Sudeste e Sul", comemora o superintendente.
Aracati possui uma boa estrutura aeroportuária que dará suporte à capital. O Aeroporto Dragão do Mar foi homologada no último mês de maio pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e há uma perspectiva de que ele venha a receber voos comerciais.
De acordo com o gerente do Aeroporto, Tomás de Oliveira, atualmente estão sendo realizado apenas voos particulares, com aeronaves à jato que suportam até 12 passageiros.
Ainda de acordo com ele, está em negociação entre o Governo do Estado e empresas aéreas a operação de voos comerciais.
A inauguração do Centro Integrado Sesi-Senai em Aracati terá solenidade amanhã, na sede da nova unidade, a partir das 9h na Rua Coronel Alexanzito, 1381, Centro da cidade.
Mais informações
Secretaria do Turismo do Estado (85)3101.4661/4654
Prefeitura de Cruz
Praça dos Três Poderes - S/N (88)3660.1277
Jéssyca Rodrigues/Ellen Freitas
Colaboradoras
Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário: